skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

DESPORTO: De Guimarães aos Açores, voleibol do Vitória só sabe ganhar

Redação
Desporto \ domingo, outubro 29, 2023
© Direitos reservados
A equipa masculina venceu na receção ao Sporting de Espinho e a feminina o Clube Kairós, na viagem aos Açores. Ambas somam cinco vitórias em cinco jogos para os respetivos campeonatos.

Depois da maré triunfal de sábado, à qual só faltou o êxito nas piscinas para ser plena, o Vitória SC manteve a bitola neste domingo, vencendo os dois jogos de voleibol que disputou. Tanto a equipa masculina, como a feminina contam apenas vitórias nas cinco jornadas disputadas para os respetivos campeonatos.

Na Liga Una Seguros, a de elite masculina, o Vitória recebeu e venceu o Sporting de Espinho por 3-1, com parciais de 26-24, 25-16, 20-25 e 25-23. Os vimaranenses ocupam a vice-liderança da prova, com os mesmos 15 pontos do líder Benfica. Na prova feminina, a Liga Solverde, as mulheres de preto e branco venceram o Clube Kairós por 3-1, com parciais de 20-25, 25-20, 18-25 e 19-25, tendo somado um inédito triunfo na deslocação a Ponta Delgada.

 

DOMINGO, 29 DE OUTUBRO

 

Voleibol: Liga Una Seguros (jornada 06)
Vitória SC 3-1 SC Espinho

Mais um jogo, mais um triunfo a encerrar uma jornada dupla. Depois dos 3-0 em Viana do Castelo, no sábado, a formação masculina do Vitória regressou ao Pavilhão Desportivo Unidade Vimaranense para atingir os 15 pontos em 15 possíveis, no desafio mais complicado até agora, porventura. 

À exceção do segundo set, que os pupilos de Nuno Pereira controlaram do princípio ao fim, vencendo por números confortáveis, o duelo entre vitorianos e tigres foi quase sempre equilibrado, com reviravoltas no marcador e incerteza até ao fim, a começar pelo primeiro set. Os anfitriões sofreram quatro pontos a abrir e estiveram a perder por 21-18, antes de inverterem o resultado com cinco pontos consecutivos e de fecharem as contas com um parcial de 26-24.

No terceiro set, o Espinho esteve quase sempre à frente e, em vez de ultrapassado na reta final, ganhou ainda mais balanço no final para reduzir o marcador para 2-1. No quarto, a vantagem dos vimaranenses oscilou entre os três e quatro pontos, antes de os tigres empatarem a 19 pontos. Nos instantes finais, o Vitória revelou mais acerto e carimbou o 3-1 com um remate de um adversário para a rede.

Segundo classificado, com os mesmos 15 pontos do líder Benfica e do terceiro classificado, Sporting, o Vitória recebe o Leixões na próxima jornada, às 17h00 de 04 de novembro, um sábado.

 

Voleibol: Liga Solverde (jornada 05)
Clube Kairós 1-3 Vitória SC

Em mais uma viagem Atlântico fora, o Vitória quebrou finalmente a maldição que o assolava nas visitas à ilha de São Miguel, em jogos a contar para o principal campeonato feminino de voleibol. A equipa treinada por Hélder Andrade ainda consentiu um set ao Clube Kairós para o 1-1, mas revelou-se autoritária no terceiro e no quarto set. 

O segundo set, com a imparável reviravolta das açorianas quando perdiam por 15-12, revelou-se uma anomalia num duelo em que as vitorianas geriram quase sempre com tranquilidade, face às vantagens cedo construídas. 

Com cinco triunfos em cinco encontros, a equipa de Guimarães é segunda classificada, com os mesmos 15 pontos do Porto Vólei, líder, e do FC Porto, terceiro classificado. Na próxima jornada, visita o Leixões, 10.º classificado, em desafio marcado para as 16h00 de quarta-feira, o feriado de 01 de novembro.

 

SÁBADO, 28 DE OUTUBRO

 

Futebol: Liga Portugal Betclic (Jornada 09)
Vitória SC 5-0 GD Chaves

 

Futebol: Campeonato de Portugal (Série A - jornada 07)
Pevidém SC 2-1 Dumiense
Mirandela 0-2 Os Sandinenses
Brito SC 0-0 Montalegre

Na tarde que marcou o regresso ao Campo de Jogos Albano Martins Coelho Lima, o Pevidém SC reencontrou o caminho das vitórias, após empates nos dérbis vimaranenses e derrota para a Taça de Portugal, tendo-se assim colado ao topo da tabela. A equipa de André Brito venceu o Dumiense por 2-1, num jogo em que respondeu de pronto à desvantagem. Joel Marques inaugurou o marcador para os bracarenses, ao minuto 29, mas Tiago Ronaldo igualou cinco minutos volvidos.

No início da segunda parte, aos 54 minutos, Rashid selou a reviravolta que permitiu aos cavaleiros de São Jorge atingir os 15 pontos e igualar o Camacha no topo da Série A. O Tirsense, anterior líder, perdeu com o Portosantense (3-1) e é terceiro, com 13.

A jornada também foi risonha para o GDRC Os Sandinenses, formação recém-promovida ao Campeonato de Portugal. Os comandados de Ricardo Martins venceram no reduto do Mirandela por 2-0, com golos de Endric, aos 18, e de Juninho, aos 58, e ascenderam à sexta posição, com 10 pontos.

Já o Brito empatou a zero na receção ao Montalegre, carrasco do Pevidém na prova rainha, e ocupa o 12.º lugar, com seis pontos. 

 

Futebol: Campeonato de Portugal (Série B - jornada 07)
Vitória B 3-1 Salgueiros

Depois de um início com tropeções, a equipa B do Vitória parece navegar águas mais calmas, ao receber e vencer o Salgueiros por 3-1, circunstância que lhe permite somar sete pontos em nove possíveis nos últimos três jogos. 

A equipa de Tozé Mendes inaugurou cedo o marcador, por Dénis Duarte, de cabeça aos seis minutos, mas teve ainda de se deparar com um contratempo, quando Tiago Antunes empatou para os portuenses, aos 10. Os vitorianos reencontraram-se com os golos ao minuto 75, com Tounkara a colocar de novo a equipa B na dianteira, antes de Ronaldo Lumungo fechar as contas aos 90+4. O Vitória B ocupa o sétimo lugar, com 10 pontos, e visita o Beira-Mar na próxima jornada, marcada para 01 de novembro.

 

Andebol: Campeonato Nacional 1 (jornada 10)
Os Belenenses 25-28 Vitória SC

No Pavilhão Acácio Rosa, bem perto do Tejo, foi Gonçalo Gomes quem deixou a cabeça da defesa belenense em água: o jovem ponta vitoriano, de 21 anos, marcou 10 dos 28 golos com que o Vitória derrotou o emblema da Cruz de Cristo por 28-25. 

A formação treinada por Eduardo Fernandes superiorizou-se aos azuis na primeira parte, chegando ao intervalo a vencer por 14-10 e geriu a vantagem na segunda parte, apesar das tentativas de reação dos anfitriões.

Com os três pontos somados, o Vitória ascendeu à oitava posição entre 12 equipas, com 16 pontos em 10 jogos, e encerra a primeira volta em casa, com a receção ao Póvoa Andebol, marcada para 11 de novembro.

 

Voleibol: Liga Una Seguros (jornada 05)
VC Viana 0-3 Vitória SC

O Vitória soma e segue no principal campeonato masculino de voleibol. No sábado, deslocou-se a Viana do Castelo, para derrotar o VC Viana pela margem máxima, com parciais de 25-19, 27-25 e 25-21. O oposto Johan Gruvaeus, com 22 pontos, e Manuel Figueiredo, na zona 4, com 14, foram os elementos mais produtivos do ataque. 

Com quatro triunfos nos quatro jogos disputados - o duelo com o Sporting, da primeira jornada, foi adiado para 19 de novembro -, o Vitória é segundo classificado, com os mesmos 12 pontos dos leões, terceiros, e a três do líder Benfica.

 

Polo Aquático: Campeonato Nacional A1 (jornada 02)
Vitória SC 10-12 Fluvial Portuense

Uma semana depois da agridoce vitória no Porto, por 12-9, numa partida em que precisava de mais um golo para seguir em frente na Challenger Cup, o Vitória perdeu na receção ao Fluvial Portuense num encontro em que esteve sempre em desvantagem e no qual o terceiro período se revelou fatal para as aspirações vimaranenses.

Nas Piscinas Municipais de Guimarães, a equipa de Vítor Macedo terminou o primeiro período a perder por 2-1 e o segundo por 6-4, antes de se ver a perder por 9-4 a 03.47 minutos do fim do terceiro quarto. Só a partir daí se vislumbrou uma verdadeira reação do Vitória, embora insuficiente para inverter o curso dos acontecimentos. O Vitória perdia por 10-9 a 03.47 minutos do fim do encontro, mas o Fluvial agarrou-se à vantagem nos instantes finais.

 

Basquetebol: Liga Betclic masculina (jornada 05)
Vitória SC 75-70 Lusitânia

O Vitória recebeu de novo o Lusitânia, duas semanas depois de o ter feito para a Taça Hugo dos Santos, e triunfou por mais uma vez, num jogo com circunstâncias diferentes, mas final parecido. Ao contrário do jogo de 14 de outubro, em que estiveram por mais tempo na frente e criaram um largo fosso no terceiro período, antes de permitirem a aproximação açoriana nos derradeiros minutos, os homens de Guimarães estiveram, desta feita, três períodos em desvantagem. 

O Vitória terminou o primeiro período a perder por 18-17 e chegou ao intervalo com cinco pontos de desvantagem (42-37), ao sofrer um cesto do meio-campo ao soar da buzina. No terceiro período, marcado pela pouca produção ofensiva, a equipa da casa reduziu a diferença para dois pontos (54-52), antes de ultrapassar o oponente e disparar no marcador nos 10 minutos finais. Os vimaranenses estiveram mesmo a vencer por 73-61 antes de assistirem à derradeira reação terceirense, com um parcial de 9-0, insuficiente, contudo, para derrotar o Vitória. 

O jogo teve taxas muito idênticas de eficácia, com o Vitória a beneficiar de um maior número de faltas sofridas para atirar mais vezes da linha de lance livre e fazer aí a diferença - concretizou 21 contra 10 do Lusitânia. Cornelius Hudson voltou a ser o melhor na quadra, com 22 pontos e oito ressaltos.

 

SEXTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO

Futebol: Liga Portugal Betclic (Jornada 09)
Arouca 0-1 Moreirense
Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73