skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
03 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Os gigantes da montanha: teatro num “espaço alternativo ao institucional”

Redação
Cultura \ sexta-feira, novembro 11, 2022
© Direitos reservados
Moncho Rodríguez acredita que "Guimarães poderia exportar teatro". Através da peça 'Os gigantes da montanha' a ASMAV pretende ser um "espaço alternativo de criação cénica".

Foi esta sexta-feira apresentado o mais recente projeto da Associação Artística Vimaranense – ASMAV, que pretende “convidar as pessoas para verem algo belo e esteticamente impactante sem ser nas grandes passerelles e dos grandes tapetes vermelhos”.

A sede da instituição, na Rua Gil Vicente, será palco para a apresentação da peça de teatro ‘Os gigantes da montanha’, a partir do texto de Luigi Pirandello, com adaptação, dramaturgia e encenação de Moncho Rodríguez.

“É a confirmação de que se construiu uma coisa nova na Grande Serpente”, aponta Francisco Teixeira, presidente da ASMAV, complementando que se criou “uma comunidade de atores e de atrizes que agem e pensam sobre a sua própria cidade”.

Sustentando que neste espetáculo “ninguém é pago”, na medida em que não tem apoio do município – “fizemos uma candidatura aos programas do segundo semestre e não resultou”, explicou – Francisco Teixeira remete que “este trabalho não é feito com compromisso político instrumental”.

Na sua visão, a marca das ASMAV será “se houver coragem e recursos, que são sempre poucos” apostar em “fazer algo em Guimarães fora da esfera institucional”, num “espaço alternativo ao institucional”.

Moncho Rodríguez: “Guimarães poderia começar a exportar teatro”

Presente na apresentação desta iniciativa da ASMAV, depois do sucesso da reinterpretação da Grande Serpente, Moncho Rodríguez lamentou que os frutos do trabalho desenvolvido há trinta anos não fossem colhidos em Guimarães.

“Há uns trinta anos surgiram bons atores e bons artistas, que singraram. Caminharam e parece que se foram de Guimarães”, disse, questionando o que foi produzido localmente. “Guimarães poderia começar a exportar teatro, tem equipamentos fantásticos. E os criadores locais? E as pessoas daqui? Envolvem-se? Criam?”, perguntou.

A peça ‘Os gigantes da montanha’ estará na sede da ASMAV, na Rua Gil Vicente, nos dias 23, 24, 25 e 26 de novembro, de quarta a sábado, às 21 horas. “Não será um espetáculo dentro dos cânones normais, será para ser vivido e não assistido”, promete Moncho.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38