skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Rock in Rio reage: “Quem sabe não surgem colaborações incríveis no futuro”

Redação
Cultura \ quinta-feira, julho 06, 2023
© Direitos reservados
Mensagem de "paz e amor", com alguma ironia à mistura, na reação ao alarido causado pelo Rock que acontece perto do Rio Febras. Na reação o Rock in Rio admite a possibilidade de colaboração futura.

A organização do Rock in Rio Lisboa reagiu à projeção que o até agora festival denominado Rock in Rio Febras está a ter, graças a o comunicado recheado de humor com que reagiu à notificação para alterar o nome.

Através das redes sociais, o Rock in Rio Lisboa usou também de alguma dose de ironia para promover “paz e amor” em prol da música, terminando a sua publicação como que assinando “O festival que acontece em Lisboa”, tal como aludiu o Rock in Rio Febras ao despoletar esta polémica.

“Desejamos de coração o melhor ao vosso festival”, pode ler-se nas histórias publicadas, complementando-se com “Queremos abraçar toda a comunidade do festival que acontece "around" Rio Febras”.

A organização do festival Rock in Rio deixa mesmo no ar a possibilidade de colaborações futuras: “Quem sabe não surgem colaborações incríveis e surpreendentes no futuro?”, deixam no ar.

Nas várias notas publicadas o Rock in Rio Lisboa diz esperar “contribuir para o sucesso” desta segunda edição do Febras, que ainda não tem nome oficial. “Adoraríamos convidar todos a mergulharem no ritmo do festival no Rio Febras e seguir com essa mesma energia até junho de 2024”.

Após o comunicado publicado pelo festival realizado em Briteiros, a história do evento que se realizou apenas uma vez na margem do Rio Febras tornou-se viral, a ponto de se repensar a sua logística, uma vez que a procura tem excedido todas as expectativas.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73