skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 agosto 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Um "ator problemático", uma estreia e oficinas: é o Vaudeville Rendez-Vous

Redação
Cultura \ quinta-feira, julho 21, 2022
© Direitos reservados
O festival de circo contemporâneo traz hoje a Guimarães a estreia nacional de Ensemble. Antes, perto do Jordão, liberta-se Kinski -- na imagem --, um personagem para assolar a cidade.

O Festival Vaudeville Rendez-Vous já habita e cria livremente no espaço público das cidades de Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão. As Oficinas de Criação assinalaram a “abertura de portas” da oitava edição da iniciativa, sendo que já sobem ao “palco” - isto é, a rua -- do evento as primeiras criações.

Guimarães, para além das oficinas de criação, vai ver na noite desta quinta-feira o aparecimento de Kinski, "um ator problemático e sem emprego que se vê na circunstância de ter de vender dentes de vampiro para sobreviver". Kinski - Roi de Rats é um espetáculo que conta a história deste ator e pode ser visto na cidade berço à entrada da Escola de Artes Visuais, no Teatro Jordão, pelas 19h00. Um pouco mais tarde, às 22h00, vai ser possível assistir à estreias nacionais de Ensemble (no Largo Condessa do Juncal): dois homens viram-se um para o outro, sujeitos ao acaso,

Ao longo de quatro dias, os “saltimbancos experimentais e aventureiros do momento” convidam o público das diferentes cidades que acolhem o Festival a participarem no seu espetáculo itinerante: Kilometer 97,1. A performance estreouna Praceta Francisco Sá Carneiro (ponto de encontro), em Barcelos. Já em Famalicão, na Praça D. Maria II, os biólogos, políticos, naturistas e especialistas ao serviço da humanidade que integram The Good Place apresentam-se numa “mini tenda” para despir a realidade. Esta quinta-feira, , MDR – mort de riure (que tem como ponto de encontro a Praça D. Maria II, em Famalicão, às 22h00) e The Frame (no Largo da Porta Nova, em Barcelos, às 19h00) invadem as ruas.

Até domingo, o Festival Vaudeville Rendez-Vous irá acolher um total de 29 récitas dos 11 espetáculos programados, entre os quais duas coproduções nacionais: Do ferro à ferrugem, de Alan Sencades, e Cir-K, da companhia Oliveira & Bachtler. A programação da iniciativa fica completa com O Silêncio do Corpo, Vinil, Kinski e Mellow Yellow. Refira-se que todos os espetáculos que integram o Festival decorrerão ao ar livre e são de entrada gratuita. Entre os dias 21 e 22 de julho decorrem as apresentações finais das Oficinas de Criação. Mais informações disponíveis em www.teatrodadidascalia.com.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #33