skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
22 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

UMinho promove futuros cursos: Ciência de Dados e Engenharia Aeroespacial

Redação
Ciência & Tecnologia \ quarta-feira, março 30, 2022
© Direitos reservados
Presença na Futurália, evento que deve atrair mais de 70 mil estudantes em Lisboa, dá a conhecer licenciaturas destinadas para a fábrica do Arquinho e também os novos mestrados da instituição.

Após o interregno de dois anos imposto pela pandemia, a Futurália regressou nesta quarta-feira à sua versão presencial e prolonga-se até sábado, esperando receber mais de 70 mil estudantes na Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações. Reconhecida como a “maior feira nacional nas áreas da educação, formação, requalificação e empregabilidade”, a mostra conta com um stand da Universidade do Minho, em que a instituição dá a conhecer “toda a informação formativa e científica” associada, adianta a instituição em comunicado.

Nesse rol, incluem-se a próxima edição da UMinho de Portas Abertas (UPA), a realizar-se entre 07 e 09 de abril, no campus de Azurém, e o Verão no Campus 2022, iniciativas destinadas ao Ensino Secundário, bem como os cursos projetados para a antiga fábrica do Arquinho, segundo o projeto urbanístico traçado para o quarteirão a sul da Caldeiroa. “Nesta edição, estamos a apresentar os dois novos cursos da UMinho, as licenciaturas em Engenharia Aeroespacial e em Ciências de Dados, bem como os novos mestrados. A nossa aposta num posicionamento diferenciador é grande”, frisa a pró-reitora para a comunicação institucional, Teresa Ruão, em declarações aos meios da universidade.

Organizada em redor da questão “Como (posso) construir um futuro sustentável?”, a Futurália de 2022 promove um debate centrado na sustentabilidade, nas “alterações climáticas”, nos “oceanos” e na “transição energética”, com visitas de estudo, conferências, workshops, talks, mesas redondas e um ponto de encontro entre empresas e estudantes.

Em 2019, o ano mais recente em formato físico, a feira recebeu cerca de 65.000 visitantes nos mais de 500 stands de instituições de ensino superior, entidades e empresas de 15 distritos do país e ainda comitivas de 44 instituições educativas do estrangeiro.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73