skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 outubro 2021
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

"Vai fazer muita falta": Parlamento aprova voto de pesar pela morte de Neno

Redação
Desporto \ quinta-feira, julho 22, 2021
© Direitos reservados
Homem que colocou a "notoriedade, influência e talento ao serviço da sua comunidade" foi hoje reconhecido no parlamento.

O parlamento aprovou esta quinta-feira, por unanimidade, um voto de pesar pela morte de Neno, que morreu em 10 de junho aos 59 anos.

"Neno vai fazer muita falta. À sua família, à sua filha, ao seu clube, aos vitorinos, mas à sociedade, vimaranense e nacional, em geral", refere o texto apresentado pelo PS, PSD e PEV. No mesmo documento realça-se a "figura nacional no desporto, na intervenção artística e nas causas sociais".

Adelino Augusto Graça Barbosa de Barros, nascido em Cabo Verde,  residia em Guimarães desde há 37 anos e permanentemente nos últimos 26. "A sua dimensão humana fez de Neno um cidadão de corpo inteiro, que colocava a sua notoriedade, influência e talento ao serviço da sua comunidade. Foi uma figura que todos e todas estimavam, admiravam, acarinhavam", lê-se no voto aprovado.

O reconhecimento por parte do parlamento surge no seguimento de várias demonstrações de apreço e carinho. Poucos dias depois da morte vimaranenses, e não só, fizeram das ruas um enorme corredor de aplausos rumo à eternidade, num assentida e impactante homenagem daquele que se tornou um ícone para o Vitória SC, para a cidade de Guimarães e para o país.

 

Leia o texto assinado por Luís Soares (PS), André Coelho Lima (PSD), Sónia Fertuzinhos (PS), Mariana Silva (PEV) e Emídio Guerreiro:

Projeto de voto n.º 646/XIV
De pesar pelo falecimento de Adelino Augusto Graça Barbosa de Barros (Neno)

Faleceu no passado dia 10 de junho Adelino Augusto Graça Barbosa de Barros, nascido em Cabo Verde, conhecido na vida pública nacional por Neno, que residia em Guimarães desde há 37 anos e permanentemente nos últimos 26.

Neno foi uma figura nacional no desporto, na intervenção artística e nas causas sociais. Atleta de eleição no futebol nacional, representou a Seleção de Portugal, o Futebol Clube Barreirense, o Sport Lisboa e Benfica e o Vitória Sport Clube de Guimarães.

A sua dimensão humana fez de Neno um cidadão de corpo inteiro, que colocava a sua notoriedade, influência e talento ao serviço da sua comunidade. Foi uma figura que todos e todas estimavam, admiravam, acarinhavam. Pela sua capacidade de interagir com quem com ele se cruzava, pelo sorriso contagiante e amigo, pela gargalhada alegre, que transformavam o ambiente, o sentir dos espaços e das pessoas com quem estava.

O sentimento profundo de condolências que tocou a totalidade da sociedade portuguesa, mas marcadamente no concelho de Guimarães, foi ímpar na consternação coletiva que atingiu a comunidade vimaranense e que levou à mobilização de milhares de pessoas, figuras nacionais do desporto e de outras áreas que acompanharam as cerimónias fúnebres em sua homenagem.
Não foi um desportista de eleição que foi chorado e homenageado. Foi o homem que, partindo da notoriedade alcançada como futebolista, colocou o seu caráter, o seu exemplo de amizade e companheirismo ao serviço de valores de humanidade e particularmente de causas sociais.

Nos últimos vinte anos, terminada a sua carreira desportiva, Neno continuou todos os dias presente na sua comunidade, associando-se a centenas de associações, escolas, e instituições de solidariedade social, em praticamente todas as iniciativas que apoiaram e serviram aqueles que precisavam de conforto emocional e material nos momentos mais difíceis das suas vidas.

Foi esse exemplo de amizade, de serviço, de presença, que levou à dor coletiva expressa nas manifestações ímpares e que expressam também a dimensão multicultural das gentes de Guimarães.

Neno vai fazer muita falta. À sua família, à sua filha, ao seu Clube, aos vitorianos, mas à sociedade, vimaranense e nacional, em geral.
Assim, a Assembleia da República associa-se às tão significativas, espontâneas, e profundas manifestações de identidade solidária pelo falecimento de Adelino Augusto Graça Barbosa de Barros (Neno), e manifesta o seu profundo sentimento de pesar à sua família, ao Vitória Sport Club e à sociedade vimaranense.

Palácio de São Bento, 19 de julho de 2021

(Luís Soares)

(André Coelho Lima)

(Sónia Fertuzinhos)

(Mariana Silva)

(Emídio Guerreiro)

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #13